quarta-feira, 23 de abril de 2008

Arrivederci

Às vezes a gente precisa de uma virada. Uma chacoalhada na vida, um impulso externo que te leva pra qualquer lugar. Mais ou menos como ser derrubada por uma onda. Aquela confusão toda debaixo da água, os braços pra esquerda, as pernas pra direita, o cérebro tentando equilibrar o corpo e evitar um desastre. Quando a gente levanta, tudo mudou. São esses movimentos, resultado da nossa vontade de cutucar o desconhecido, que fazem a vida ser tão emocionante. Que provocam sensações ambíguas, de uma extremidade que até assusta.

E é bom se assustar. O medo faz com que a gente dê valor pras coisas que eventualmente podemos perder. Começa uma batalha contra os fantasmas que temos em nós mesmos, uma batalha pra preservar aquilo que existe de mais caro nas nossas vidas.

Minha vida virou. E eu tô morrendo de medo. E cuidando pra preservar o que já conquistei, que é muito, muito importante pra mim. Então MUDEM COMIGO! Acessem o Vida Feminina. E troquem os links para o novo endereço do meu blog:

http://www.clicrbs.com.br/banhodeloja

Confissão de adultescente: no fim de semana, tudo o que eu mais quero é ficar que nem essa moça da capa da Vogue de 1947. Eu mereço.

Todas capasVogue UK aqui

Um comentário:

Minhas Flores disse...

adorei conhecer seu blog. mto criativo. beijao!